Sexta-feira, 3 de Novembro de 2006

o último beijo...

Lembro-me tão bem... Agora que penso nisso, lembro-me do que me passou pela cabeça, do que senti, do que cheirei, do que provei ... do que perdi!

Ao ouvir esta música , vezes e vezes sem parar, em cada acorde lembro-me do teu rosto, do teu sorriso, da tua voz...

Esta era a nossa música.

Foi há uns anos atrás, num dia de Maio, no dia 15 de Maio de 2000, era uma 2ª feira... Eram 10h05 quando tocou. Fui das primeiras a sair da sala; conhecia a tua rotina, e tu a minha.

Conhecíamos cada canto e recanto daquela escola, sabíamos perfeitamente onde havíamos de estar, para nos cruzarmos 'acidentalmente' ... Fazíamos de tudo para estarmos juntos, todos sabiam o porquê, só nós nunca quisémos ver.

Lembro-me de te ver a desceres as escadas... do teu ar superior... eram muito poucos os que te falavam, era muito dificil alguém olhar-te nos olhos, o teu chapéu era um escudo poderoso.  Mas eu consegui! Assim que descias os primeiros degraus, eu fingia nem reparar na tua presença; quando eu estava rodeada de amigas, sorrias, dizias ''bom dia pequerrucha'' davas-me um abraço forte, e um beijo repenicado na cara e dizias 'até já' ... Quando estava com os rapazes, fazias o mesmo, mas abraçavas-me e levavas-me contigo. e lá íamos os dois... abraçados, escola fora, até à tua sala...

mas, naquele dia foi diferente... Tu chegas-te e eu apenas te cumprimentei. Algo fez com que descurasse aquela magia que eram os nossos encontros. Passados uns minutos, fui até à tua sala, levava o cd para te entregar. Ía sozinha, aquele pavilhão tinha um recanto especial, e eu sonhava sempre no dia em que nós ficaríamos os dois sozinhos naquele canto...

Quando cheguei cumprimentei o Tolinhas... (adorava o perfume dele!) tu não seportaste mais, e encostaste-me à parede, olhaste-me nos olhos e beijaste-me!

Um beijo onde tudo parou! Não fui só eu e tu, mas todos os que nos rodeavam...

passaste a mão na minha cara e disseste 'amo-te pequerrucha'

uma lágrima escorreu do nosso rosto. um sorriso iluminou-a.

E nada mais aconteceu.

Quando falo de ti, penso sempre que a nossa vergonha, o medo de perdermos o que havia de tão especial entre nós, fez com que não avançássemos. Nada restou, apenas as boas memórias dos anos que partilhámos, e a nossa música.

Foi o nosso beijo, ao som da nossa música...

FM

I feel: nostálgica
ruído de fundo: Pearl Jam - Last kiss
PROCLAMADO POR FM às 00:37
link do post | opinar | favorito

Last kiss

James Blunt - Goodbye My Lover

o meu interior

Janeiro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

ideias novas

o 1º. dia do resto da min...

A notícia

mais um desabafo....

o pior dia da minha vida....

silêncio...

Amo-te até ao ódio

ha coisas imprevisiveis

TERRIVEL (MENTE ) APAIXON...

Desejo-te

tear

FIM

amo-te

o último beijo...

o ínicio do fim

Quero

palavras

still fighting

My heart is blinded by yo...

one more time

the emptiness that hurts

don't you see?

Eu não sei quem te perdeu

Fear

revolta

'simplesmente por seres q...

só a ti

mudanças...

curiosidade

FIM

saudades...

ideias antigas

Janeiro 2008

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Junho 2007

Abril 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

tags

abre os olhos bebé(7)

eu amo-te!(7)

no tags(2)

13.06.2007(1)

19.05.2004(1)

a notícia(1)

amo-te até ao ódio(1)

dedicado ao tâtâ(1)

desejo(1)

f** com esta merda a k xamam amor(1)

finalmente...!(1)

fodasse(1)

quero-te(1)

tears(1)

yo chelas(1)

todas as tags

favorito

Desejo

Tatuagens estranhas...

história veridica-prof's ...

Gripe da Aves o 1º caso d...

palavras

still fighting

one more time

the emptiness that hurts

don't you see?

Fear

o meu book

cuscar no blog

 
blogs SAPO

subscrever feeds